Parque do Gaúcho Dimas Costa

O Parque do Gaúcho visa um espaço destinado ao lazer, entretenimento e difusão da cultura e dos costumes do povo rio-grandense, proporcionando, dessa forma, um maior destaque à figura do Gaúcho, incentivando o turismo em nossa região. Sua construção tem por objetivo resgatar e promover a história, a arte e a cultura do povo gaúcho, através das tertúlias e dos encontros coletivos do antigo e do novo. Assim, se propõe a estabelecer um ambiente movido com a vida e com as rotinas típicas de uma “estância”, onde seja possível relembrar as heranças campeiras, além de fomentar o turismo da região, vinculando a tríade do Gaúcho-Pampa-Cavalo a um espaço destinado ao Povo Gaúcho.

Sua estrutura dispõe de uma área de 243 hectares, com abastecimento de água, energia elétrica e rede de esgoto com estação de tratamento. Possui uma cancha de Lides Campeira, Cancha Reta para realização de Carreiras (corridas de cavalo, típicas da região do Pampa), acampamento Campeiro. No espaço destinado a Arte, Cultura e a Música, possui a Concha Acústica em forma de ferradura e o Galpão crioulo. Dentro de sua área encontra-se também a Cidade Cenográfica de Santa Fé, construída para as filmagens do longa metragem O Tempo e o Vento, de Jayme Monjardim.

O Parque do Gaúcho é uma homenagem ao próprio gaúcho, que é definido como “filho da terra e do vento”. Onde estes elementos traduzem o universo destes indivíduos da região do Pampa, onde a Terra representa o feminino, a tradição, a maternidade, a fertilidade e a perenidade e o Vento representa o universo masculino, a impetuosidade, a fugacidade e o vigor.

 

Endereço: Av. Visconde de Ribeiro Magalhães, s/n

Telefone: (53) 99992-9929 (Jorge Machado)

Facebook: Parque do Gaúcho


Desenvolvido por Vitrine Brasil |